Unidos de Periperi

Posted on 20/05/2007 por

0


por Maisa Amaral

Solidariedade e união. Foram esses os fatores que levaram, em 1982, Valquíria Ferreira de Souza e Salomão Mendes de Oliveira a criar a Associação Unidos de Periperi. Localizada atualmente na Rua Ambrósio Calmon, Periperi, a associação tem 675 participantes, entre crianças, adolescentes e idosos. Desenvolver serviços de assistência social a famílias é o seu principal objetivo. O projeto é tão importante que já foi levado para dois países: Alemanha e África do Sul.

Além de outras atividades, a associação trabalha com programas de encaminhamento para retirada do passe de gratuidade para idosos e deficientes e com o benefício de prestação continuada (BPC), para as pessoas acima de 60 anos. “Esses serviços estão disponíveis para toda a população do subúrbio, mesmo que não participe das atividades que a entidade realiza”, afirma a presidente da associação, Valquíria Ferreira de Souza, 44 anos.

O trabalho realizado pela Unidos de Periperi é muito reconhecido pela comunidade local, pois ela também ajuda as famílias carentes com retirada de segunda via de documentos gratuitos, programas de nutrição, de hipertensão e diabetes, entre outros serviços que a associação consegue com facilidade para os moradores do subúrbio. “Hoje eu me sinto satisfeito em poder ajudar a minha comunidade”, declara o coordenador da associação, Salomão Mendes de Oliveira.

Sendo reconhecida em toda a Bahia, com trabalhos levados também para a África do Sul e para a Alemanha, a associação investe em oficinas de reflexão. Toda sexta-feira, os participantes se reúnem para fazer uma espécie de tratamento psicológico, relatando seus problemas em busca de soluções. “Por ajuda de uma amiga conheci a associação. Estou aqui há três meses e minha vida mudou completamente. Antes estava em depressão por me sentir sozinha, angustiada e por não ter uma ocupação, mas, já sou outra mulher”, afirma a aluna de dança, Maria Silva Moura, 63 anos.

Idosos e crianças

O trabalho desenvolvido com os 245 idosos é um dos mais interessantes que a instituição dispõe, ajudando as pessoas da terceira idade a resgatar o prazer pela vida, esquecido com o passar do tempo. “Agora me sinto bem, tenho outra vida. Antes de ser aluna da Unidos de Periperi, eu era muito depressiva”, diz a aluna da dança de salão, Maria Raimunda dos Santos Oliveira, 57 anos.

Para que as crianças e adolescentes possam fazer parte dessa instituição é obrigatório que estejam estudando e que tenham boas notas na escola.

Para despertar o gosto pela leitura e pelo estudo, a associação desenvolve um trabalho com brincadeiras diferentes e teatro, estimulando o prazer de aprender entre os meninos. Além do incentivo escolar, são oferecidos cursos de capacitação como corte e costura industrial e serralharia para os adolescentes através de parcerias com a FUNDAC, a UNEB, SENAI e CEFET. “Meu filho estava sem estudar, pois trabalhava para ajudar nas despesas de casa. Depois que ele entrou na Unidos de Periperi, Dona Valquíria conseguiu colocar ele na escola e me cadastrou no programa para receber um auxílio do estado”, diz a moradora do bairro, Vilma Jesus dos Santos, 35 anos.

“Não tem lazer melhor do que ajudar ao próximo e sentir que as pessoas estão bem, mesmo sem você está”, afirma o coordenador Salomão Mendes de Oliveira, 51 anos. A ação social que a instituição realiza dá oportunidade a comunidade do subúrbio desenvolver seu potencial e conquistar seus objetivos.
(dezembro de 2003)

Anúncios
Posted in: CIDADE